Sketch Dump


Eu não sei vocês, mas eu tenho 1 milhão de ideias pra ilustras ao mesmo tempo. E se eu não estou com o sketchbook por perto, ou eu saio rabiscando em post it ou pior: abro o Photoshop rabisco qualquer coisa e salvo só batendo no teclado.



Quem não tem um arquivo fsdfsdfsdfwrwf.psd que jogue a primeira pedra.

Meu desktop é um horror, tem um milhão de atalhos, arquivos e pastas. Mas estranhamente, quando eu coloco os meus arquivos por lá, eu consigo finalizar. Ou desenvolver um pouco melhor. 

Só que quando eles vão para a pasta WIP (Work in Progress) acaba-se qualquer possibilidade de eles serem finalizados. Até mesmo projetos que eu só separei referências se perdem para sempre. 

WIP - a pasta onde os desenhos vão para morrer. 

Aí de vez em quando eu entro lá pra ver, e os rascunhos choram, e imploram para ser finalizados. 
E eu geralmente não tenho ideia do que eu queria com aquilo e muitas vezes acho que o desenho tá muito tosco.

Separei aqui alguns desenhos que nunca foram, pra tentar lavar minha alma e me livrar do encosto deles.


Madalena, a que nunca foi e nem nunca será.









Esses eu ainda penso em terminar :/

Essa sereia estava em um sketchbook muito antigo, da época da faculdade inclusive :/. Todo ano eu abro o arquivo pra mudar. Ela era bem mais tosca antes, por isso acho que vou mesmo finalizar.

A idéia do camarin é boa também, mas acabei me perdendo na pesquisa (alô você Moulin Rouge). Vamos ver se esse ano eu termino junto com tantos outros que estão no desktop.



Por hoje é só pessoal o/

Ingrid Muniz

Formada em Design Gráfico pelo Centro Universitário Belas Artes de São Paulo. Durante o dia é diretora de arte, mas na calada da noite aventura-se na vida de ilustradora freelancer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário